Dicas da Ilha Esmeralda dadas por um grupo de mulheres queridas

Quer trazer seu pet para a Irlanda? Veja como!

Quer trazer seu pet para a Irlanda? Veja como!

Um assunto que provoca muitas dúvidas e medos para quem vai imigrar para a Irlanda e deseja trazer os seus cães e/ou gatos é sobre os procedimentos necessários para trazê-los do Brasil para cá. Nesse post vamos resumir as principais informações para te ajudar nesse processo.

Requisitos necessários

Como o Brasil é considerado um país de alto risco, pois a raiva não é considerada erradicada, os seguintes passos devem ser realizados:

1) Aplicar microchip compatível com a ISO padrão 11785 no animal (deve ser obrigatoriamente a primeira etapa a ser feita);

2) Vacinar o animal contra raiva (você pode microchipar e vacinar no mesmo dia, mas a vacina só pode ser dada após a microchipagem);

3) Realizar coleta de sangue do animal para sorologia de raiva (a partir de 30 dias após vacinar contra raiva);

4) Aguardar pelo menos 90 dias para embarcar, contados após a coleta do sangue para a sorologia de raiva;

5) Obter o certificado de saúde com o veterinário no formato Annex IV;

6) Obter CZI, certificado zoossanitário internacional, expedido pela Vigiagro (Vigilância Agropecuária) da sua cidade.

Obs: Para cães, é preciso também fazer um tratamento para tênia não mais que 120 horas e não menos que 24 horas antes de chegar na Irlanda. Esse tratamento não é necessário para gatos.

É importante ressaltar que todo esse processo deve ser feito com antecedência, já que o processo inteiro dura cerca de 4 meses, conforme imagem a seguir:

Todas essas informações podem ser obtidas nos sites do Citizen Information e do Departamento de Agricultura da Irlanda:

http://www.citizensinformation.ie/en/moving_country/moving_to_ireland/coming_to_live_in_ireland/bringing_pets_to_ireland.html e http://www.agriculture.gov.ie/pets/.

 

Formas de transporte

Existem algumas formas de realizar o transporte do seu cão e/ou gato do Brasil para a Irlanda, sendo elas:

 

  • Voo direto (por empresa despachante)

Nessa opção, contrata-se uma empresa despachante que será responsável pelo transporte do animal do Brasil até a Irlanda. Alguns exemplos de empresas que prestam esse serviço: Point Cargo, MMCargo, Sysbrac, Flying Pet.

 

  • Voo para país da Europa (por conta própria) + Voo cargo (através de despachante)

Dessa forma, o proprietário do animal realiza por contra própria o transporte aéreo (que pode ser na cabine ou no compartimento de carga, a depender do peso do animal e das especificações da cia aérea) do Brasil para algum país da Europa e, no país da Europa escolhido, contrata uma empresa despachante para transportar o animal através de voo de carga para a Irlanda.

 

  • Voo com escala em país da Europa (por conta própria) + Trecho de navio

Dessa maneira, o proprietário do animal realiza por contra própria o transporte aéreo do Brasil para algum país da Europa e, do país da Europa escolhido (muitas pessoas escolhem a França), fazem a travessia de navio/ferry para a Irlanda.

 

Adaptação da ração

Um detalhe importante para quem vai trazer animais é a adaptação da ração dos seus bichinhos, já que nem sempre você encontrará na Irlanda a mesma ração que seu animal come no Brasil. O mais  recomendado a se fazer é pesquisar quais comidas de pets são vendidas nos dois países. Se o seu animal comer uma comida que não é vendida na Irlanda, faça a introdução de uma ração encontrada nos dois países, ainda no Brasil, alguns meses antes da viagem.

Para ajudá-lo nessa busca, indicamos alguns sites de petshops irlandeses para que você possa consultar, escolher uma ração para o seu pet e fazer a adaptação antes de chegarem na Irlanda, diminuindo as chances do bichinho rejeitar a nova comida.

Uma última dica que pode ajudar quem gosta de trocar experiências sobre seus pets é entrar e participar do grupo “Meu Pet na Irlanda” no Facebook. Lá existem diversos relatos de pessoas que trouxeram seus animais para a Irlanda em uma das 3 formas mencionadas acima, indicação de veterinários, empresas de serviço de banho/tosa e muito mais!

Se tiver dúvidas, pode deixar nos comentários. Se quiser saber mais informações, você pode também acessar o meu blog Diário do Casal 20, porque lá tem tudo explicadinho sobre a nossa experiência!

Até a próxima.

Damille Cunha



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *