Dicas da Ilha Esmeralda dadas por um grupo de mulheres queridas

Porque amamos tanto a IKEA?

Porque amamos tanto a IKEA?

Ah, a IKEA… como não falar aqui no EWD da loja mais completa e barata para artigos de casa, né? 🙂

Eu particularmente acho que a IKEA é um lugar que todo mundo deve visitar pelo menos uma vez na vida, seja na Irlanda ou em qualquer outro país. Não importa se quer comprar alguma coisa para casa ou não – você TEM que ir lá para ver como os criadores suecos conseguiram tornar a loja um sucesso em qualquer lugar do mundo com sacadas geniais e que parecem bem óbvias.

Abaixo alguns pontos interessantes:

 

EL BANDEJÓN…

Uma das coisas que mais me chama a atenção é o restaurante bandejão que existe logo na entrada da loja. Os preços são super acessíveis, o cardápio é o mesmo sempre – e até que não é muito ruim – e é impressionante como SEMPRE está cheio de gente, não importa o dia ou horário que você vá. Mas porque um restaurante dentro da loja, né? A minha opinião é que os caras pensaram algo do tipo “família sem fome = família feliz = contas altas” e para completar a lógica: “família que sai feliz daqui = família que volta mais vezes”, então é aí que entra aquele cachorro-quente e sorvete por preços irrisórios logo depois dos caixas. Faz sentido?

 

OS PRODUTOS

Além da sacada acima, os criadores da IKEA pensaram em uma forma super otimizada de transportar e armazenar os móveis vendidos na loja para não encarecer os custos de logística e precisar repassá-los para o cliente. Os móveis são, na medida do possível, embalados de uma forma flat, ou seja, praticamente todos eles estão em caixas de papelão que são facilmente empilháveis nos containers, caminhões, armazéns e claro, no seu carrinho. Você inclusive vai buscá-los no depósito sem a ajuda de ninguém e essa quebra de paradigma e sensação de independência é bem interessante. Para quem não sabe, os móveis têm em suas etiquetas a localização do estoque respectivo no depósito e você só precisa encontrar o corredor e a prateleira indicada no papel.

Além disso, os móveis são pensados e criados para os próprios clientes montá-los, e por isso os manuais são super fáceis de entender e você precisa de poucas ferramentas para botar a mão na massa. É claro que se você não tiver tempo e/ou paciência para montá-los você pode contratar alguém para isso, mas há um preço para tal, né?

 

ELES ENTREGAM!

Se você não tiver carro e precisar que entreguem suas compras, eles também oferecem esse serviço por 29 euros para os condados de Dublin, Wicklow, Kildare e Meath. Só um detalhe que aprendi na prática: eles não entregam itens pequenos avulsos, então se você encher seu carrinho com produtos de cozinha, banheiro, quarto, além de móveis, você vai precisar levar cada um dos pequenos com você. Isso é bem diferente do Brasil, né? A gente paga um valor de entrega e a compra inteira vai no caminhão. Vivendo e aprendendo…

Para acionar o delivery deles, você deve pagar por suas compras no caixa e depois virar à direita para o setor de atendimento ao cliente/entregas.

 

CARTÃO FIDELIDADE

Outra coisa que é legal na IKEA é que eles têm um cartão fidelidade que dá vários descontos em produtos e no restaurante também. É sempre bom se cadastrar para não perdê-los e para ficar por dentro das novidades através de e-mails ou cartas.

 

Agora vamos às perguntas mais importantes:

 

QUANTO TEMPO DEVO SEPARAR PARA VISITAR A LOJA?

A loja de Dublin tem dois andares enormes, sendo um para o showroom, alguns móveis e restaurante, e o outro para os objetos menores, outros móveis, depósito, caixas de pagamento, lanchonetes e customer service.

O primeiro andar que citei acima é o mais legal, na minha humilde opinião, porque é nele que você vê os ambientes montados e decorados, sabe? Todos os objetos expostos estão à venda na loja e basta anotar o número do local onde ele se encontra no depósito para você ir buscar depois (Eles oferecem papel e lápis caso você não tenha onde anotar).

O outro andar é o andar mais perigoso, porque é onde de grão em grão a galinha enche o papo (a galinha aqui é a IKEA). Os produtos à venda costumam ser bem baratos, principalmente se compararmos ao Brasil, mas de 1 euro em 1 euro a sua conta pode facilmente passar do seu limite. Cuidado!

Eu diria que o tempo médio para passear com calma em cada andar é de no mínimo 1 hora, isso sem considerar restaurante, banheiro, etc, mas tem gente que vai rapidinho só pra comprar algo específico né? Então se você for à loja pela primeira vez, eu recomendo separar no mínimo 3 horas.  Vá lá e depois nos conte o que achou! 😉

 

COMO CHEGO LÁ?

Você pode ir de carro, taxi ou bus. Infelizmente ainda não fizeram uma estação de DART ou LUAS para lá (imagina só se tivesse, que maravilha seria?). O ônibus que passa dentro da loja é o 140 e você pode ver os horários neste linkhttps://www.dublinbus.ie/Your-Journey1/Timetables/All-Timetables/140-/

Se você for sair do centro, sugiro pegar um bus em frente ao hospital Rotunda, em D1. O trajeto costuma levar meia hora sem trânsito, mas de carro esse mesmo trajeto demora uns 15-20 minutos.

Acho que é isso, pessoal! Qualquer dúvida ou comentário, coloca aqui embaixo.

Até a próxima! 🙂

 

Fotos do post – autorais. Fotos da capa – Google Imagens. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *