COMO PROJETAR SUA CARREIRA NA IRLANDA?

COMO PROJETAR SUA CARREIRA NA IRLANDA?

Um dos maiores desafios que encontramos, assim que chegamos na Irlanda, é planejar nossa carreira profissional.

A dificuldade com o idioma, a falta de conhecimento do mercado de trabalho irlandês  e as questões de visto são grandes obstáculos a serem superados. Por isso, a busca por informação e conhecimento são essenciais. Abaixo seguem algumas dicas práticas para ajudar você a direcionar sua carreira aqui na Irlanda. 

 

1 – Foque seus estudos de inglês em sua área de atuação

É claro que é importante poder se comunicar em todas as situações da vida, como levar o filho ao médico, fazer compras no supermercado ou pedir um prato em um restaurante, mas vamos combinar que o vocabulário inglês tem mais de 750.000 palavras e é impossível saber todas elas na ponta da língua.  

Por isso, é crucial estabelecer qual o seu objetivo final para obter fluência no inglês. Por exemplo, se o seu objetivo final para alcançar fluência, neste momento, é participar de uma entrevista de emprego, comunicar-se eficazmente ao telefone com o entrevistador e trabalhar em sua área, é necessário direcionar os seus estudos e seu tempo ao seu “universo profissional”. 

Procure saber quais são os termos técnicos utilizados aqui na Irlanda para a sua área. Para isso: 

  • Faça buscas no Linkedin de perfis de profissionais que trabalham na área que você almeja e observe os termos utilizados, bem como quais são as experiências,  cursos, e certificações que eles possuem.  
  • Pesquise por vagas em aberto nos diversos sites de vagas (Monster, IrishJobs, Linkedin, Glassdoor, entre outros), atentando-se ao “job description” da posição, pois ele tem informações valiosas sobre sua área e as palavras chaves que você precisará saber. 
  • Além disso, explore vídeos no youtube de profissionais falando sobre sua área de atuação na Irlanda ou em outros países de língua inglesa. Assim você se familiarizará com os termos e obterá informações e dicas de pessoas que já atuam na área que você almeja. 

 

2 – Lance-se para o mercado, mesmo que as condições não estejam perfeitas 

 

Não desmotive se hoje você não tem o visto de trabalho ou cidadania europeia. Há a possibilidade de aplicar para as vagas enquanto está com o Stamp 3. Você precisará de um pouco mais de persistência e paciência para explicar o processo aos empregadores (saiba mais sobre o processo clicando aqui). Você pode receber uma oferta de trabalho e assim, aplicar para o Stamp 1, que lhe dá a permissão para trabalhar na Irlanda.  

Por mais que este processo seja desconhecido por muitas empresas e cansativo para quem está em busca de uma colocação, aproveite estas oportunidades para ganhar experiência em entrevistas, treinar o seu inglês e aprender um pouco mais sobre sua área. Se você não obter sucesso nas primeiras, com certeza estará mais preparada e segura para as próximas. 

 

3 – Se você quer praticar inglês e não sabe como, procure por trabalhos voluntários  

 

O site www.volunteer.ie é da agência nacional de trabalhos voluntários e divulga oportunidades em toda a Irlanda. É possível pesquisar por região, causas, tipos de atividade e carga horária. Quando você se candidata a uma das oportunidades divulgadas no site, um profissional responsável pela agência entra em contato com você por e-mail e dá o suporte necessário para que você encontre um trabalho voluntário que se adeque à sua disponibilidade. 

Além de praticar o idioma e ajudar pessoas que precisam de auxílio, o voluntariado servirá como uma experiência riquíssima para o seu currículo.  

Outra possibilidade é oferecer-se para trabalhar como voluntária em locais que você já participou de uma entrevista e já conheceu as pessoas. Com esta atitude você demonstrará o seu interesse em trabalhar naquela empresa, seu trabalho estará sendo visto e ainda correrá o risco  de receber uma oferta de trabalho. Até que não seria uma má ideia, não é mesmo? 

 

4 – Se preciso for, reinvente sua carreira  

Muitas de nós não desejamos necessariamente voltar ao mercado de trabalho formal, mas é muito importante e saudável ter uma ocupação. Por isso, retome algum sonho antigo ou algum talento seu, que possa se tornar uma ocupação prazerosa. Se você é muito boa em fazer doces e salgados, por exemplo, por que não profissionalizar e vender o seu produto? Se você manja muito de artes manuais, por que não vender o que você produz? Encontre uma necessidade de mercado, e vá com tudo! 

 

5 – Construa seu networking 

 

Procure estar sempre em contato e manter um relacionamento com pessoas da sua área de atuação ou que possam lhe indicar a futuros empregadores. Ter uma rede de contatos aqui na Irlanda abrirá um leque muito maior de possibilidades, uma vez que muitas vagas não são divulgadas nos sites de emprego e são ocupadas por pessoas que conhecem outras pessoas. Então, não marque bobeira e converse com profissionais que possivelmente poderão ajudar você a iniciar sua carreira internacional. 

Caso você tenha um empreendimento próprio ou esteja pensando em iniciar o seu negócio, fale com pessoas que possam se tornar parceiras e troque informações com profissionais que já estão a mais tempo no ramo. Se você trabalha com costura, por exemplo, por que não oferecer seu trabalho para quem atua no ramo de festas? Você pode tornar-se uma fornecedora “quente”! =) 

 

6 – Atente-se para não cair nos extremos 

 

As vezes colocamo-nos em uma posição passiva diante dos acontecimentos de nossa própria vida. Ficamos à mercê das circunstâncias ou das pessoas que estão à nossa volta (ora sujeitos ao êxito, ora ao fracasso), sem elegermos nossas próprias ações de busca. A consequência disso é que acabamos adquirindo uma visão restrita de oportunidades, ou caímos no extremo oposto, aceitando todas as possibilidades que surgirem.  

Tenha muito claro quais são os seus objetivos de vida e de carreira na Irlanda (ou em qualquer outro lugar que você se propor a viver) e persiga pelo caminho que a levará até eles. Avalie se as escolhas que você tem tomado hoje estão te aproximando ou distanciando do futuro que você almeja.  

 

E, para finalizar, tenha em mente que mudar-se para um país estrangeiro significa replanejar suas metas, rever conceitos e abrir os horizontes para novas possibilidades. Aproveite esta oportunidade para se reinventar pessoal e profissionalmente. Invista no seu futuro e coloque-se em ação hoje mesmo!

 

Comente pra gente aqui nos comentários se você está buscando uma oportunidade no mercado irlandês e você que já conseguiu, nos conte a sua experiência.

Até a próxima!

_____________//_______________

Débora Abdala é psicóloga, esposa e mãe do Noah. Mora há 2 anos e meio na Irlanda. Logo que chegou na Ilha deparou-se com as diferenças culturais e mercadológicas que a fizeram repensar sua profissão. Na busca de uma reinvenção de sua atuação profissional, descobriu sua nova missão: Auxiliar expatriados a alcançarem os seus sonhos e objetivos no exterior. Se você quiser saber mais sobre Planejamento de Vida e Carreira no Exterior visite www.alemdopassaporte.com ou escreva para [email protected] 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *